20 março 2016

Qual a sua Escolha?

(Imagem do Tumblr)

    Olá pessoal! Quando temos que tomar uma decisão nós procuramos a Deus? Não? Então porque reclamamos com Ele quando as coisas dão errado? Eu pelo menos agradeço muito, por Deus ser misericordioso e ser amoroso, pois se eu fosse Ele, com certeza gritaria “você não veio pedir minha opinião, viu por isso deu errado”. E também há aquelas pessoas que como eu, oram a Deus pedem ajuda, porém não O deixam falar e não esperam a respostas.
    Nós seres humanos, temos uma percepção muito errada, pois achamos que conseguimos fazer tudo sozinhos, sem precisar da ajuda de ninguém. Achamos que só precisamos de Deus, quando as coisas perdem o controle, ou melhor, quando você não consegue inventar outra solução para “resolver” seus problemas.
    Nós devemos pedir orientação a Deus em todos os momentos, tanto para coisas pequenas quanto para coisas grandiosas. Deus deve ser nosso guia, bem eu sei que é difícil deixar alguém guiar a nossa vida. Mas pense comigo, é mais fácil você deixar um grande Amigo que conhece seu passado, futuro e presente que conhece você por completo  guiar a sua bicicleta enquanto está de olhos vendados, ou você prefere guiar sozinha a sua bicicleta de olhos vendados?
    É uma questão de refletir, é melhor deixar um Deus poderoso que te ama incondicionalmente e que sabe o que será melhor pra você, escolher o que te fará bem e feliz? Ou você insiste em  agir do jeito que acha que está certo, sempre caindo e quebrando a cara, e sofrendo neste mundo cruel e maldoso? Basta você escolher a quem irá recorrer, pois Deus nunca, nunca mesmo te abandonará ou o forçará a fazer o que você não quer se precisa de ajuda peça a Deus.
    O nosso post é mais uma reflexão que você deve pensar no que é melhor pra você, se é melhor você deixar Deus guiar a sua vida, ou se é melhor você guiar. É uma reflexão simples que dependerá de uma grande decisão, não será fácil, mas Deus estará vendo o seu esforço. Hoje te desafio a refletir sobre isso e decidir o que será melhor pra você. Um grande beijo, e até o próximo post.

Com carinho, Evellyn!